26/07/2012

Mostra SESC 2012 convida o público para criar novos sentido

Mostra 2012A Mostra SESC de Artes, que acontecerá de 19 a 29 debulho de 2012, reúne diversas linguagens artísticas para provocar pausas, questionamentos e reflexões sobre o cotidiano da cidade de cada um. Para discutir como a produção recente dialoga com o que está estabelecido do ponto de vista histórico, a edição deste ano apropria-se de maneira inusitada de todas as unidades do SESC e de seus arredores, como terrenos vazios, praças, entre outros espaços públicos. O evento coloca o indivíduo no controle da experiência e estimula a participação no mundo das artes.

A Périplo Produções participa da Mostra SESC produzindo os seguintes trabalhos:

TEATRO

HOTEL METHUSELAH - Cia Imitating the Dog e Pete Brooks - (Inglaterra)
Em uma homenagem ao cinema do pós-guerra britânico e à nouvelle vague francesa, a peça propõe uma experiência que une cinema e teatro, utilizando a fusão das linguagens por meio de projeções de imagens, simultaneamente à movimentação dos atores, em uma tela de formato widescreen. Na trama um homem (Harry) que sofre de amnésia busca seu passado. Conforme a coreografia das câmeras e atores, somos levados a perceber as distorções contidas na realidade aparente das coisas, e as inúmeras possibilidades existentes em cada situação. Essa viagem ao universo interior do personagem encontra inspiração também nos filmes noir norte-americanos e no expressionismo do cinema alemão. Texto e direção: Andrew Quick e Pete Brooks. Performers: Morven Macbeth, Adam Nash, Andrew Crofts, Anna Wilson-Hall. Apoio Institucional: British Council.

26 e 27 /07, Quinta e sexta às 21h - SESC SANTO AMARO

ARTE MÍDIA

CODED SENSATION - Martin Rille (Austria)
Tudo o que acontece em Coded Sensation é gerado pelo toque. As mãos tocam os corpos e os objetos que estão completamente cobertos por um tecido preto, brilhante e iridescente, do qual emanam sons. O tecido especial é criado pela aplicação de uma folha fina de óxido de crómio (o mesmo utilizado nas fitas cassetes) sobre um tecido simples. Martin Rille gravou diferentes tipos de dados de áudio sobre o pano, incluindo histórias, música, poesia e canto. Através de uma espécie de cabeça de leitura magnética costurada sobre as luvas, os toques dos artistas lêem o conteúdo da gravação, transformando-os em sons. O resultado é a mistura de sons e explosões de palavras: informação que só se torna física e perceptível por meio desta hiperpele. Participação especial da bailarina e coreógrafa neozelandesa Amber Gabrielle.

19/07, Quinta às 21h - SESC POMPEIA
20/07, Sexta às 12h e 13h - SESC BOM RETIRO
21/07, Sábado às19h e 20h30 - SESC IPIRANGA
22/07, Domingo às 12h30 e 15h30 - SESC PINHEIROS
23/07. Segunda às 12H e 13H - SESC CARMO

ÇA VOUS REGARDE - Omproduck (França)
A cia. francesa Omproduck critica o uso das tecnologias atuais e as ilusões por elas produzidas. Em Ça Vous Regarde é oferecida a ilusão de uma realidade em que uma máquina tem vida e se pode observar seus pensamentos e humores. Durante a performance, uma marionete eletrônica é animada por intermédio de um programa de simulação comportamental. Parcialmente baseado na produção de dados aleatórios, o programa tem amplas possibilidades de improvisação, permitindo a sua atuação autônoma. O trabalho é resultado do cruzamento de diferentes disciplinas artísticas e técnicas: bonecos, música e tecnologias digitais. Ça Vous Regarde introduz o espectador no mundo, em que uma coreografia imprevisível tenta surpreender, seduzir e comunicar.

26/07, Quinta às 18h e 20h30 - SESC SANTO AMARO
27/07, Sextaàs 18h e 20h30 - SESC SANTO AMARO

GLASS - INCITE (Alemanha)
O duo alemão fundado no final de 2002 realiza performances audiovisuais ao vivo, tornando-se um dos mais reconhecidos representantes do ramo na Europa, fazendo a ponte entre a cultura clubber e o circuito artístico. Incite/ tem se apresentado em festivais internacionais de artemídia, vídeo, nova música, electro, breakcore, música industrial e outros. Em Glass, o duo apresenta parte da série Zoom Studies , experimentos que trafegam entre micro e macroescalas. Suas apresentações são experiências altamente imersivas, sinestésicas, para olhos e ouvidos.

26/07, Quinta às 21h - SESC IPIRANGA
27/07, Sexta às 20h - SESC BOM RETIRO

LITERATURA

TOUMANI KOUYATÉ CONTA "SUMU" OU "L’ARBRE À PALABRES DE GRIOT" (Burkina Faso)
Em Sumu, somos levados em um barco que navega por histórias coloridas. O espetáculo é permeado por cantos, música e humor, em uma viagem à África, inspirado pelo momento de encontro ao pé da grande árvore, onde os griots deleitam seus ouvintes com palavras poéticas sobre mitos, lendas e epopeias.

20/07, Sexta às 21h - SESC IPIRANGA

TOUMANI KOUYATÉ CONTA "AQUELE QUE PENSA CONHECER AS MULHERES" (Burkina Faso)
Toumani Kouyaté faz parte de uma linhagem de djelis (denominados griots pelos europeus, sendo estes mestres da palavra e das artes na África do Oeste) de Burkina Fasso, assim como seu pai Sotigui Kouyaté e seu irmão Hassane Kouyaté. Artista completo, como todos da casta dos djelis, ele canta, dança, toca, conta histórias e é também fotógrafo, professor universitário e organizador de festivais em vários lugares da África, Canadá e Europa. Em Aquele que Pensa Conhecer as Mulheres, Toumaní fala da sabedoria feminina.

22/07, Domingo às 18h - SESC VILA MARIANA

HAMED BOUZZINE CONTA "DE TANGER A TIMBUKTU, OU O CAMINHO DE MIRAGENS" (Marrocos/ França)
Contador de histórias marroquino radicado na França, busca na fonte das histórias dos trovadores berberes do deserto norte-africano, uma das essências do patrimônio de sua origem. Em De Tanger a Timbuktu, Hamed conta a viagem mítica e de iniciação de um contador de histórias do Saara, nascido em um oásis perdido entre a terra e o céu, trazendo cenários da região e as histórias de homens, mulheres e crianças entrelaçados por seus costumes e a cultura berbere. Histórias, canções e música: Hamed Bouzzine.

28/07, Sábado às 19h - SESC POMPEIA

HAMED BOUZZINE CONTA "VIAGENS PELA VIDA"(Marrocos/ França)
Por sete anos, Hamed Bouzzine dividiu o palco com Alpha Kouyaté, griot (mestre da palavra e das artes) da região ocidental da África, que durante inúmeras viagens compartilhou a cultura do Império Mandinga, lhe dando como herança a epopeia de Sundiata Keita e muitas outras histórias de seu povo. Em Viagens pela Vida, Hamed Bouzzine traz estes mitos que são revelação inicial de uma civilização ainda viva, contados em ocasiões especiais pelos griots que transmitem essas palavras a partir do século XII. Histórias, canções e música: Hamed Bouzzine.

29/07, Domingo às 17h - SESC BELENZINHO

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

2009/2020 - ©Périplo Produções Culturais Ltda

Rua Afonso Celso, 69 - São Paulo - SP - Brasil  - 04119-000